Cirurgia plástica - Curitiba

CORPO

MINI-ABDOMEN

Nos casos onde o acúmulo de gordura é acompanhado de discreta flacidez de pele, a associação da lipoaspiração com o tratamento da musculatura utilizando a técnica vídeo assistida e a remoção da pele em excesso, promovem uma melhora acentuada da porção anterior do abdomen. A indicação desta técnica tem um papel importante nos casos pós- gestação, quando a paciente tem um retorno do seu peso mas persiste com acúmulo no abdomen inferior.

A presença da projeção anterior do abdomen (abdomen globoso), com uma flacidez muscular discreta, associada ao acúmulo de gordura e pele, constitui a indicação adequada para a realização da técnica de mini-abdominoplastia. Esta cirurgia vem atender um grande número de casos, onde uma lipoaspiração isolada não é suficiente, assim como, uma plástica de abdomen convencional seria exagerada.

A técnica consiste na  lipoaspiração do acúmulo localizado de gordura  na parede anterior e lateral do abdomen, e a utilização da técnica vídeo assistida para o tratamento da musculatura abdominal, o que diminui a extensão do descolamento de pele e portanto o trauma cirúrgico. A cicatriz umbilical é mantida intacta ou apenas reposicionada conforme a necessidade do ajuste de pele. A remoção de pele em excesso resulta em uma  cicatriz  menor do que a de uma abdominoplastia convencional, e posicionada na região correspondente a uma cesárea.

A cirurgia é realizada sob anestesia peridural, podendo ser feita também sob sedação e anestesia local. A permanência hospitalar é de 24 horas.

A limitação de movimentos e exercícios é menor do que a cirurgia completa de abdomen, porém o repouso é necessário principalmente nos primeiros 30 dias.

As atividades físicas são liberadas progressivamente e sob orientação médica.